Concurso Multimédia Gente Rebelde mobilizou cerca de uma centena de jovens e crianças

Eventos
22 July 2021

A CooLabora lançou o desafio e apesar dos obstáculos criados pela pandemia, foram 23 os trabalhos apresentados ao júri do Concurso Multimédia Gente Rebelde por 93 alunos e alunas do 2º ciclo ao ensino secundário da Covilhã e do Fundão.

Este concurso visa sensibilizar alunos, alunas e docentes e, por seu intermédio, a comunidade em geral, para a importância das escolhas profissionais livres de estereótipos de género e para a centralidade do cuidado na nossa vida e na do planeta.

A escola pode e deve promover uma educação livre de estereótipos de género associados às escolhas profissionais de rapazes e raparigas para que elas e eles escolham profissões e actividades ligadas ao trabalho pago, independentemente do género a que geralmente estas são associadas, e que possam compreender a importância do trabalho ligado ao cuidado (pago ou não pago) para a qualidade de vida e o bem-estar de todos/as.

A entrega dos prémios decorreu online e contou com cerca de 150 participantes, muitos/as do Agrupamento de Escolas Pêro da Covilhã, do Agrupamento de Escolas a Lã e a Neve,  do Agrupamento de Escolas do Fundão, da Escola Profissional Agrícola Qta. da Lageosa, da Escola Secundária Campos Melo e da Escola Secundária Qta. das Palmeiras.

Os prémios oferecidos pelos municípios da Covilhã e do Fundão incluíam entradas grátis na piscina praia da Covilhã e um fim de semana no Hostel Casas da Mina, no concelho do Fundão.

O concurso é uma das actividades do Projecto CUIDAdania financiado pelo Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE) ao abrigo do Portugal2020 e do Fundo Social Europeu e gerido pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género.